Dicas de Mestre - PENSAMENTO “METAJOGO” | Help RPG
Carregando...

Dicas de Mestre - PENSAMENTO “METAJOGO”

Quando um jogador diz; “Tenho certeza que existe uma alavanca no outro lado do fosso que desativa essa armadilha, porque o Mestre nunca criaria um desafio que não pudéssemos superar”, você terá um exemplo perfeito do pensamento “metajogo”. Quando os jogadores basearem as ações de seus personagens numa lógica advinda apenas do fato de estarem jogando, estarão usando o metajogo. Sempre tente desencorajar esse comportamento, pois ele prejudica a interpretação e estraga o senso de imaginação. Surpreenda seus jogadores frustrando o metajogo. Por exemplo, suponha que exista uma alavanca do outro lado do fosso; diga-lhes que ela está enferrujada e inútil.

Dicas de Mestre - PENSAMENTO “METAJOGO”
Dicas de Mestre - PENSAMENTO “METAJOGO”


Mantenha os jogadores alertas e não permita que adivinhem suas verdadeiras intenções. Peça-lhes para raciocinar como seus personagens, ignorando as previsões em potencial das ações do Mestre. No mundo de jogo, uma armadilha numa masmorra precisa ter algum propósito. Determine as razões do construtor e leve os PJs a descobri-las. Resumindo, sempre que possível deve-se encorajar os jogadores a empregar a lógica do jogo.

Confrontado com a situação acima, uma resposta apropriada de um personagem inteligente seria:

“Suponho que haja uma alavanca do outro lado do fosso para desativar a armadilha, porque os gnomos que a construíram deviam ter uma forma de desarmá-la”. Isso é realmente maravilhoso — demonstra um raciocínio inteligente e ao mesmo tempo respeita a realidade do mundo do jogo.

Reações: 
Informativos 6416825173552106911

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

Translate

Publicidade

Curta nossa página

Top 10 da semana

Posts sorteados

Arquivos do Help RPG