Carregando...

Projeto voluntário estimula acessibilidade por meio do RPG

Um projeto voluntário de um jovem de Praia Grande, no litoral de São Paulo, propõe um jeito criativo de promover inclusão e acessibilidade. 

João Lucas Resende da Silva, de 30 anos, aproveitou sua paixão por jogos de estratégia e passou a utilizar role-playing games (RPG), jogos de tabuleiro e wargames (jogos de guerra) para levar pessoas com necessidades especiais a mundos muito além de suas limitações, onde podem ser quem elas quiserem e fazer o que desejarem.

Pessoas com necessidades especiais são estimuladas por meio da imaginação e do lúdico promovido pelos jogos de estratégia.
Pessoas com necessidades especiais são estimuladas por meio da imaginação e do lúdico promovido pelos jogos de estratégia.

Você joga RPG de mesa? Conheça nossos utilitários: https://utilitariosrpg.com.br/

No R&B Para Todos, João Lucas desenvolveu jogabilidades diferentes, conforme o tipo de deficiência. “Pode ser física, mental ou intelectual. 

Para as pessoas com deficiência visual baixa ou total, proponho o uso de miniaturas de autorrelevo, para que seja possível passar a mão e sentir, ou até mesmo o uso do braile”, explica. Com isso, ele acredita que não há restrições para participar.


O projeto conta hoje com 15 voluntários no total, e por enquanto ainda não possui livros ou dados acessíveis. Recentemente, João Lucas descobriu um site que ensina a utilizar a tecnologia de impressão 3D para produzir impressões em braile. Para as pessoas com deficiência auditiva e vocal, é utilizada linguagem de sinais.

Matéria completa aqui: https://g1.globo.com
Reações: 
Noticias Gerais 7978039500003115885

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

Translate

Publicidade

Curta nossa página

Top 10 da semana

Posts sorteados

Help RPG Feed