Carregando...

RPG melhora desempenho em sala de aula

Após concluir sua formação em Física, o professor Ricardo Ribeiro do Amaral teve um “choque de realidade” durante as primeiras experiências dentro da sala de aula: a falta de uma metodologia atraente desempenhada pelos educadores refletia diretamente no desempenho e na interação dos estudantes com o conteúdo.

RPG melhora desempenho em sala de aula
RPG melhora desempenho em sala de aula
Durante os três primeiros anos como professor do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco, Ricardo procurou “métodos alternativos” para atrair os alunos entre o 9° ano do Ensino Fundamental e o 2° ano do Ensino Médio. 

Em 2005 encontrei o RPG. Vi sites que demonstravam o jogo aplicado na Geografia e na História e achei a proposta interessante. Percebi que havia potencial para o ensino de Física e comecei a me aprofundar mais no assunto”, afirma. 

O papel de “mestre” é desempenhado por Ricardo, que há treze anos utiliza entre 4 e 6 horas-aula durante a semana para vivenciar a experiência com os estudantes.

“Eles são divididos em grupos e cada equipe representa um personagem na narrativa. À medida que a narrativa vai sendo desenvolvida, vou inserindo alguns desafios em que os estudantes precisem refletir e interagir com conhecimentos científicos para solucioná-los no decorrer do jogo”, conta. 

No jogo “Colonizadores do Brasil”, Ricardo simula situações em que seus personagens estão perdidos em uma floresta, exatamente como os primeiros colonizadores das terras brasileiras. “Posso indagá-los como poderiam se orientar na mata, ou quem sabe como construir uma bússola rudimentar”, explica.

Fonte: www.gazetadopovo.com.br
Reações: 
Discussão 4111440968020534869

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

Visitantes da semana!

Curta nossa página

Publicidade

Top 10 da semana

Posts sorteados

Arquivos do Help RPG

Help RPG Feed